JOINVILLE

(47) 2105.9960

JARAGUÁ DO SUL

(47) 2105.9970

SÃO BENTO DO SUL

(47) 98812.2353

AGENDAMENTO JOINVILLE

(47) 2105 9909 / (47) 98841 6103

AGENDAMENTO JARAGUÁ

(47) 2105 9980 / (47) 98817 5202


01 / maio

Como funcionam os controles de estabilidade e tração?

Os controles eletrônicos de estabilidade são dispositivos eficientes em prol da segurança no trânsito, capazes de evitar acidentes antes que seja necessário acionar outros recursos de proteção (como os airbags, por exemplo). Especialistas classificam o controle de estabilidade e tração como a maior inovação em parâmetros de segurança dentro do ramo
automotivo, ficando atrás apenas do cinto de segurança. É possível que os ESC tornem-se itens obrigatórios nos automóveis em circulação no Brasil, assim como já são exigidos no trânsito europeu – a proposta veio do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) e já está sendo discutida na Câmara Temática de Assuntos Veiculares.

Saiba mais sobre o funcionamento dos controles de estabilidade e entenda os benefícios de
ter um veículo com ESC:

COMPOSIÇÃO
O controle de estabilidade é um artigo de hardware composto por um módulo eletrônico que funciona na lógica de um computador, processando as informações enviadas pelos sensores de rodas, direção e guinada. Com a leitura das informações relativas à direção, o veículo consegue tomar medidas preventivas de modo automático – evitando acidentes que
dificilmente seriam previstos pelos reflexos humanos. Os hardwares são diferenciados e específicos para o modelo de automóvel em que estão instalados, podendo ser ampliados nos casos em que outros itens são adicionados (como o assistente de partida em rampa, cujas informações são processadas pelo mesmo “computador” do ESC). Não é possível comprar o aparelho do ESC e instalá-lo ao seu veículo, pois o funcionamento do controle de estabilidade depende de uma série de sensores que não estão presentes em todos os veículos. A configuração deve ser executada pela montadora
ou pela fornecedora.

FUNCIONAMENTO
A base do sistema de segurança está na leitura dos dados enviados pelos sensores instalados no veículo, que calculam a velocidade, a inclinação da direção e o movimento lateral do carro. O controle de estabilidade consegue identificar a dimensão correta do giro que cada virada do volante deve desempenhar. Se o carro gira de maneira desproporcional
à virada do volante, o ESC entra em ação. É uma maneira automática de identificar se o movimento feito pelo motorista é correspondente à direção assumida pelo veículo em movimento. Os sinais enviados pelos sensores são monitorados 25 vezes por segundo, garantindo um alto grau de precisão.

BENEFÍCIOS
Carros com controle de estabilidade impedem a perda de controle do veículo e diminuem as
chances de capotamento, permitindo uma direção muito mais segura em situações de freadas/desvios abruptos, curvas fechadas e de pistas escorregadias (aumentando o atrito das rodas). De acordo com o Instituto de Segurança Viária dos Estados Unidos, o sistema é capaz de reduzir acidentes fatais em 43%.

COMO DESCUBRO SE MEU CARRO POSSUI ESC?
Os controles de estabilidade costumam ser sinalizados com a presença de um botão no painel do carro, mas a maneira mais adequada para descobrir é conferindo o manual ou a ficha técnica do carro. A sigla ESC (“controle eletrônico de estabilidade”, em inglês) é a mais comum para indicar a presença do item no veículo – mas existem variações, como
VSA, ESP, DSC, VDC, PSM, entre outros. A nomenclatura do sistema fica a critério da
montadora.

JOINVILLE

(47) 2105.9960

JARAGUÁ DO SUL

(47) 2105.9970